Defendemos uma Política de Verdade e quisemos uma Lisboa com Sentido. Neste novo ciclo político nasce o Crónicas Lusitanas, de militantes e simpatizantes do PPD/PSD, que querem que este seja um espaço de liberdade, debate e opinião, e sem asfixias..

16
Nov 10

Portugal vive como sabemos uma situação complicadíssima.

 

A todos os males conhecidos na parte económica e financeira, junta-se agora a destabilização política.

Por incrível que pareça, esta não vem da Oposição, nem do Palácio de Belém como noutros tempos. Ela vem do próprio Governo e do partido que o apoia.

 

A desorientação do Governo é por demais evidente, com as entrevistas, as contradições, as desautorizações e até alguns silêncios.

A recente entrevista do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros é o sinal mais claro da desorientação. As declarações do Ministro de Estado e das Finanças pecam por excesso, ajudando à confusão em vez de contribuir para a pacificação.

 

No PS o cenário não é muito melhor. Começam-se a ouvir cada vez mais vozes a clamar por uma remodelação, sedimentando a ideia que já existe no país de que este Governo está esgotado.

As movimentações de bastidores para a sucessão de Sócrates ganharam novo fôlego, e os peões no xadrez socialista estão já em movimentação.

 

A ironia é que tudo isto acontece na altura em que o Governo já tem garantida a aprovação do Orçamento do Estado para 2011.

 

Vivemos assim numa curiosa situação em que o principal agente político, aquele que mais interesse tinha em acalmar a situação, é precisamente aquele que mais contribui para a incerteza.

Assim, à incerteza económica internacional, somamos agora a incerteza política nacional.

 

O problema é que a situação do país não se compadece com mais incertezas. O que está em jogo é demasiado grande e sério.

 

 

 

Crónica de Rodrigo Mello Gonçalves às 23:24

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO