Defendemos uma Política de Verdade e quisemos uma Lisboa com Sentido. Neste novo ciclo político nasce o Crónicas Lusitanas, de militantes e simpatizantes do PPD/PSD, que querem que este seja um espaço de liberdade, debate e opinião, e sem asfixias..

28
Dez 11

 

Toda a gente diz que 2012 vai ser um ano mau.

 

Mau, porque há pouco dinheiro, muito desemprego e pouca esperança que as coisas melhorem.

 

Ora, tudo isto é verdade. E não há pior cego, do que aqueles que não querem ver.

 

Mas, vamos ver o que podemos todos fazer todos para tornar a situação menos má.

 

Os que trabalham na função pública e nas empresas privadas, cumprir. Cumprir com os nossos deveres. Com os nossos horários. Colocar Portugal e os seus agentes económicos á frente de tudo.

 

Fazer, fazer e deixar fazer.

 

Sermos mais solidários. Não fazer muitas actividades para a TV. Mais pequenas atenções. Com os nossos familiares, com os nossos vizinhos e com os nossos amigos mais próximos. Sobretudo com os mais idosos.Sem alarde, dizer que estamos presentes.

 

Infelizmente, ser solidário tornou-se um acontecimento social das Madames das Embaixadas.

 

O Estado e as empresas podem dar uma ajuda em 2012. Podem pagar ao seu pessoal e aos seus fornecedores a tempo e horas. Não falhar.

 

Seria bom para todos.

 

Podemos todos gastar menos dinheiro e dar prioridade aos produtos portugueses.

 

Portugal vai precisar de muitos pequenos gestos. E vai precisar da soma de todos.

 

Por fim, uma palavra para um bem precioso. A saúde.

 

Sem ela, nada feito.

 

Por isso, com este Sol que nos iluminou o Natal e parece que vai continuar até ao final do Ano só nos resta aquecer os corações e dizer Bem Haja a quem nos criou.

 

Um Feliz Ano Novo para todos.

 

 

Crónica de João Pessoa e Costa às 12:03

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO