Defendemos uma Política de Verdade e quisemos uma Lisboa com Sentido. Neste novo ciclo político nasce o Crónicas Lusitanas, de militantes e simpatizantes do PPD/PSD, que querem que este seja um espaço de liberdade, debate e opinião, e sem asfixias..

12
Dez 09

Ficámos a saber que o Governo apresentou a candidatura do Dr. Vítor Constâncio à vice-presidência do Banco Central Europeu.

 

Não deixa de ser uma excelente notícia a possibilidade de vermos o actual governador do Banco de Portugal deixar o lugar. Já há muito que tal devia ter acontecido.

 

Nos últimos anos o Sr. Governador agiu como um verdadeiro comissário político. As opiniões e criticas duras aos governos PSD deram lugar ao silêncio e à candura nos governos PS.

O seu mandato fica marcado pelo frete feito ao governo Sócrates naquela palhaçada do relatório que, baseado em pressupostos ridículos e falsos, afirmava que o défice em 2005 seria de 6,83%.

Nunca um governador do BdP se tinha sujeitado a um papel destes na democracia portuguesa. Nunca uma instituição foi tão instrumentalizada.

 

Finalmente, o mandato do Sr. Governador ficará na história pela incompetência e pelo total falhanço na questão da supervisão bancária. Os casos foram vários, com implicações graves e que ainda hoje estão em discussão: caso BCP, caso BPN e caso BPP. Em todos a conclusão é óbvia: o BdP não actuou como devia, nomeadamente face aos diversos sinais de que as coisas não estavam bem.

 

Por tudo isto e mais, é bom saber que o Sr. Governador poderá deixar de o ser.

 

O que não se percebe é como é que tal desempenho é recompensado com um prémio destes. Ou melhor, se calhar até é fácil de perceber: basta pensarmos que afinal de contas é um secretário geral do PS a propor a candidatura de um ex-secretário geral do PS.

Assim tudo fica mais fácil e mais perceptível. A candidatura e a actuação dos últimos anos.

Porreiro pá!

Crónica de Rodrigo Mello Gonçalves às 01:44

convém não esquecer que já o anterior SG do PS, mesmo implicado num mediático processo crime, foi igualmente recompensado com o cargo de chefe da missão diplomática portuguesa junto da OCDE, em Paris... onde permanece há largos anitos... se for preciso ajudar o Constâncio a fazer as malas, não faltarão mãos... mas é efectivamente uma pena que, à custa de limpar a casa, se sacrifique a imagem externa de Portugal.
sem a 15 de Dezembro de 2009 às 22:19

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
19

21
24
26

27
28


pesquisar
 
blogs SAPO