Defendemos uma Política de Verdade e quisemos uma Lisboa com Sentido. Neste novo ciclo político nasce o Crónicas Lusitanas, de militantes e simpatizantes do PPD/PSD, que querem que este seja um espaço de liberdade, debate e opinião, e sem asfixias..

22
Fev 10

Numa altura em que o nosso País está de pernas para o ar com um Gigantesco Circo montado, cujo director é um palhaço rodeado de pequeninos palhacinhos vestidos de pessoas de bem tão perversas e corruptas... com tanto para partilhar convosco, acontece que estou a viver, há vários meses, uma tragédia que me faz sentir tão pequena que nada sei e nada consigo dizer ou fazer, para além de estar todos os momentos livres à cabeceira da minha mãe!

A Avó Neca, como é conhecida, é uma senhora forte, corajosa, determinada e cheia de fé... com a particularidade de agradar a todos que a rodeiam. Mesmo agora, com noventa e três anos já sem andar, nem falar comunica com os seus expressivos olhos cor de avelã e faz com que a respeitem e amem.

Há pessoas que nascem com o Dom de agradar e ela é uma delas... Que o diga a bonita enfermeira Raquel e a Ana, uma auxiliar que a trata com todo o carinho do mundo e que chora só de pensar que um dia pode chegar ao seu quarto e encontrá-la morta!

Não falando já, do seu Anjo da Guarda, o enfermeiro Nuno que faz tudo para lhe prolongar a vida...

Como nada acontece por acaso... um certo dia numa saída a minha filha conheceu o Nuno e ele ao ter conhecimento do estado da avó ofereceu-se para a visitar e ajudar para que os seus últimos meses ou dias tivessem a qualidade de vida que ela merecia.

Foi então que conheci a "Casa do Parque" em Oeiras... Casa essa que mais parece uma estação acolhedora... a caminho da eternidade.

É neste cantinho que a minha querida mãe está à espera de partir mas está serena e julgo que em paz. Tem a ajuda das pessoas que a amam e os cuidados do Nuno que eu acho ser um Mensageiro de Deus para estar com ela neste período de espera.

Até lá, todos os dias o seu quarto enche-se de filhos, netos e bisnetos... todos a querer estar com a sua Avó Neca para demonstrar o seu amor por ela!

A dor que sinto ao vê-la, dia após dia, mais fraca e débil é suavizada por saber que quando chegar a hora de partir a sua bagagem vai mais rica em carinho e amor... Isso faz-me sentir menos triste... Porque sei que ela não vai morrer... ninguém com tantos amigos pode morrer!

Ela vai virar a esquina!

Vai deixar de ser vista!

Mas ficará para sempre nos nossos corações!!

Crónica de Ana Pires Marques às 11:55

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
15
16
17
19
20

21
24
25
26
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO